MAPA DO SÍTIO ACESSIBILIDADE TRANSPARÊNCIA PLUG ESCUTAContraste EscuroCONTRASTE:

O ano escolar letivo na rede estadual de ensino foi encerrado na última sexta-feira (15/12).

Nos Conservatórios Estaduais de Música mineiros, o final do ano letivo foi o momento escolhido para dar ênfase às atividades abertas ao público e mostrar para a comunidade o que eles desenvolveram ao longo do ano.

No Conservatório Estadual Cora Pavan Capparelli, em Uberlândia, o último mês do ano foi dedicado a encerrar as atividades de comemoração dos 60 anos da instituição. “Esse foi um ano diferenciado para a nossa escola, porque comemoramos 60 anos de fundação. Realizamos várias atividades abertas para a comunidade e agora, no final do ano, em parceria com a Polícia Militar, temos a união dos corais do Conservatório que estão realizando Cantatas de Natal em escolas e em outros espaços da cidade”, conta o diretor Júlio César de Almeida.


Cantata de Natla dos alunos do Conservatório Estadual Cora Pavan Capparelli, em Uberlândia. Foto: Arquivo da Escola

O Núcleo de Estudo e Pesquisa em Ópera – MusÓpera - também participou das atividades de encerramento, com apresentações de trechos famosos do “Fantasma da Ópera”. Já o Grupo Vocal Arte in Cena realizou apresentações de música, teatro, literatura e artes visuais para toda a comunidade. “Com todas as atividades, nós queremos dizer que somos uma escola pública e próspera, além de cumprir a nossa função social de levar arte e cultura para toda a cidade. Para os próximos 60 anos, queremos poder ir mais às escolas regulares, fazer apresentações e apoiar as atividades desenvolvidas por elas”, conclui o diretor do Conservatório. 

No Conservatório Estadual de Música Lorenzo Fernandez, em Montes Claros, a culminância do projeto “Conservatório na Rua” levou música para a comunidade. “Realizamos um Auto de Natal com 700 vozes de alunos que participam do projeto, num shopping da cidade”, afirma a diretora do Conservatório, Silvana Oliveira Gomes Rametta.

O projeto conta com a participação dos alunos do Ensino Fundamental de escolas estaduais do município. “Participam estudantes da Educação Integral. Os professores aqui do Conservatório vão até essas escolas e ensinam um pouco de expressão corporal e musicalidade para as crianças”, pontua Silvana. Também foram realizadas apresentações dos corais do Conservatório.


Coral dos alunos do Conservatório Estadual de Música Raul Belém. Foto: Arquivo da Escola

Já em Araguari, a comunidade ainda pode acompanhar as Cantatas de Natal feitas pelo coral do Conservatório Estadual de Música Raul Belém. Como parte do projeto Musicanto, alunos e algumas pessoas da comunidade fazem apresentações até o próximo final de semana. “Já fizemos apresentações na escola, em igrejas, em ruas do município e vamos fazer em um supermercado também. Essas apresentações são importantes para que os alunos possam mostrar o que aprenderam. Também é muito gratificante e prazerosos, os alunos gostam de receber aplausos e desse reconhecimento”, ressalta a diretora do conservatório, Gláucia Ozório Ribeiro Machado.

Conservatórios Estaduais de Música

Minas Gerais é o único estado do Brasil que conta com escolas de música na rede pública de ensino. São 12 Conservatórios de Música mantidos pela Secretaria de Estado de Educação (SEE). Com o objetivo de atender a diversas regiões, o Estado conta com escolas nas cidades de Araguari, Ituiutaba, Uberaba e Uberlândia, no Triângulo Mineiro, em São João del-Rei, Juiz de Fora, Leopoldina e Visconde do Rio Banco, cidades da Zona da Mata, em Montes Claros no Norte de Minas, Diamantina no Vale do Jequitinhonha, e em Pouso Alegre e Varginha, cidades do Sul do Estado.

Fonte: Assessoria de Comunicação Social. Secretaria de Estado de Educação.

 

 

Plug Minas - Centro de Formação e Experimentação Digital
Rua Santo Agostinho, 1441 - Horto
CEP 31035-480 - Belo Horizonte
Telefones:

Núcleo de Planejamento e Gestão (31) 3029-7150

 

Temos 199 visitantes e Nenhum membro online